Apresentação
Um dos grandes focos do Museu Vale é o seu projeto educacional, que tem por objetivo incentivar crianças, adolescentes e jovens a usarem a criatividade e imaginação a partir da vivência em atividades junto ao acervo e às mostras de arte contemporânea. Oferece aos estudantes de escolas públicas da Grande Vitória visita guiada com monitores que explicam a temática do Museu e das obras expostas.

O programa foi implantado em 1998 e inicialmente atendia estudantes, grupos e interessados através de visitas guiadas, realizadas por uma equipe de monitores treinada para informar sobre a história da Estrada de Ferro Vitória a Minas, em exposição permanente, e sobre as exposições de arte contemporânea, que aconteciam pontualmente na Sala de Exposições Temporárias.

Suas primeiras atividades envolviam concursos de redação e desenho, mas em função da ampliação do programa de arte contemporânea no Galpão e Galeria Vale, esse programa educacional foi potencializado, em 2003, e implantou uma programação específica, baseada nas exposições temporárias. Trata-se de um projeto inovador no campo da arte educação, cujo diferencial é trabalhar a cidadania e a subjetividade através de ações inéditas, elaboradas em sintonia com a proposta das exposições em cartaz. O conceito das obras e a proposta do próprio artista são matérias-primas para o desenvolvimento de um projeto que resultará num workshop.

Os workshops são sobre as obras expostas, voltado para universitários de arte, que, posteriormente, ministram oficinas para professores e estudantes da rede pública e privada de ensino da Grande Vitória. 

Em 2005, foi implementado ao Programa de Arte Educação o Programa Aprendiz - uma iniciativa que capacita jovens em ofícios relativos à montagem das exposições. Em cada exposição, um grupo de jovens de comunidades vizinhas ao Museu participa da montagem em conjunto  com as equipes de profissionais especializados das áreas de iluminação, marcenaria, serralheria, pintura, comunicação visual e cenografia.